sexta-feira, 1 de julho de 2011

Por que Parságada?




Parságada é, no poema do Manuel Bandeira, uma espécie de paraíso ou shopping de realizões.

"Vou-me embora pra Pasárgada, Lá sou amigo do rei" - diz.

Este Blog - O Parságada da alma, da minha e das que me são afetas, será um lugar de encontro. Uma praça: um lugar de se estar. De se estar sozinho. E de se estar com outro.

Um bosque: com leituras, diálogos, piqueniques e pássaros.

Um lugar do qual se diz: Vou-me embora pra Lá.

De Parságada, diz-se também: Lá a existência é uma aventura.

E não poderia deixar de ser.

Pretende-se com o sabor de Nárnia - uma especie de aventura que, ela própria, escolhe seus personagens.

Uma trilha. Um navegar.

Eric Cunha, 02 de Julho de 2001

Nenhum comentário:

Postar um comentário