segunda-feira, 12 de setembro de 2011

PITADAS DO EVANGELHO




Pitadas do Evangelho


Texto EFÉSIOS 6.15

NVI: “e tendo os pés calçados com a prontidão do evangelho da paz.”

NTLH: “e calcem, como sapatos, a prontidão para anunciar a boa notícia de paz.”

King James: “calçando os vossos pés com a proteção do Evangelho da paz”


O Texto é inserido no tema Batalha Espiritual, e, aqui, Paulo descreve a Armadura de Deus. A linguagem é obviamente simbólica: armadura, espada, escudo, capacete, etc. A idéia do texto é como podemos nos fortalecer em Deus, para não cedermos ao mal. E como, na prática da vida cristã (fé, salvação, oração etc), ganhamos proteção contra os ataques do mal.

Não há imunidades, mas há meios para se resistir. Descrevendo os meios, é que, no versículo 15, lemos “e tendo os pés calçados com a prontidão do evangelho da paz.” 

Vamos tentar explorar brevemente os símbolos: pés, calçados, prontidão, evangelho da paz...

O que é ter os pés calçados com a prontidão do evangelho da paz? E por que pés e calçados?

Pés - não muito raramente é: caminho, caminhar e, assim, mobilidade

Abraão, como o pai da fé, é aquele que foi chamado para “deixar sua terra e ir para o lugar que Deus estaria lhe mostrando”. Assim, dele – e desse chamado, é que o povo Hebreu herdou seu modo nômade de ser. Era um povo “sem terra ou longe de sua terra”, e, por isso, sempre em mobilidade. Era o povo das Tendas: das malas prontas. 

Calçado é, certamente, o adjetivo caracterizador da palavra ‘pés’. Pés calçados são pés protegidos, ou ainda capacitados para caminhar. A King James diz: “calçando os vossos pés com a proteção do Evangelho da paz”.

Assim, pode-se concluir que o Evangelho da paz é:

      1 - Proteção para os nossos caminhos.

E aqui: calçado é uma proteção que envolve e encobre os pés: é ter nossos caminhos inseridos no Evangelho, envolvidos por ele.
  
      2 -  Aptidão para caminhar.

É ser como o Hebreu: de mala pronta. É a pré-disposição para deixar nosso lugar, para não se acomodar. É mobilidade. É prontidão. É ter pés aligeirados, apressados em levar e promover as boas notícias do Reino de Deus.

Mas também é ter em Deus a capacitação necessária para a caminhada. Aqui, o “calçado” é ter luz para o caminho escuro, é ter calor para o caminho frio, é ter provisão para o caminho árido.

Concluindo, em Efésios 6.15, o Evangelho é aquilo que encobre nossos caminhos. Nossos pés estão calçados com prontidão, mas também estão protegidos contra a aspereza do caminho. Ele protege-nos e capacita-nos.

Ademais, Aquele que não veio ser servido, mas servir - é o mesmo que nos diz: que se não tivermos os pés lavados por Ele, com Ele não podemos ter parte. O Evangelho da Paz é aquele que calça nossos pés porque é o Evangelho dAquele que tira a sujeira dos nossos caminhos.

Eric Brito

Nenhum comentário:

Postar um comentário